Final amargo




Em partida movimentada nesta manhã/tarde no Recanto do Olaria em Santa Luzia, A equipe akadiana ficou no empate com a boa equipe do Saideira FC.


Apesar do gramado verde e do bom tempo, as condições do gramado não eram das melhores, o que prejudicou um pouco o espetáculo, atrapalhando o bom toque de bola de ambas as equipes.


O jogo começou de maneira morna, com as duas equipes buscando tocar e envolver o adversário, mantendo a posse de bola.


O AKA tentava tomar iniciativa com jogadas de lançamento, que não surtiram efeito. O time estava errando muitos passes.


Na metade do primeiro tempo, em um erro de passe e de comunicação, o AKA vacilou em uma bola recuada e o zagueiro Michael acabou fazendo pênalti, convertido com maestria pelo camisa 9 adversário.


Porém, em um contra ataque rápido Clisman recebeu na entrada da área e tocou na saída do goleiro. Daniel Lacraia, oportunista e bem colocado, apenas empurrou para as redes. Empate Akadiano.


A primeira etapa seguiu sem maiores emoções.


Para o segundo tempo, o Mr. Dome-Inguinhos promoveu mudanças rejuvenescendo a equipe, buscando principalmente aproveitar da superioridade do elenco akadiano e idade menor.


A ideia surtiu efeito e o AKA voltou sufocando o Saideira em seu campo de defesa.


Aí veio o lance que mudaria a história da partida. Em um rebote ofensivo, Michael errou o tempo da bola e atingiu o adversário, em uma falta boba e um lance fortuito. O árbitro entendeu o lance como grave e puniu o embaixaquente com cartão amarelo. Como já tinha recebido o primeiro no primeiro tempo, levou o vermelho, deixando o AKA com um jogador a menos.


Para a surpresa geral, mesmo com a inferioridade numérica, o AKA melhorou e perdeu oportunidades, até que Clisman recebeu uma bola no ataque, driblou dois marcadores e foi derrubado na área. Penalidade.


Fábio Peixe, com extrema categoria e frieza, virou para a Arara Tricolor do Vale.


Com o resultado positivo em seu favor, o AKA passou a resistir aos ataques adversários e contragolpear nos contra ataques.


Faltou maturidade e experiência para o escrete do Vale em controlar o seu ímpeto ofensivo.


Faltou maturidade e experiência para o escrete do Vale em controlar o seu ímpeto ofensivo, após o AKA perder grande chance de fechar o marcador o Saideira assinalou o gol de empate no lance "saideira" da partida.


Ao AKA restou lamentar pela falta de competência e azar. Ao Saideira ficou o gosto saboroso de empatar e evitar a derrota. Um empate com sabor de derrota, mesmo pela circunstância de jogar com um jogador a menos desde o início do segundo tempo. Superação com sabor amargo.


Ficou a lição novamente da necessidade do entendimento de que não podemos baixar a guarda e que não se pode desperdiçar tantas oportunidades, principalmente quando se tem pela frente um adversário com poderio ofensivo grande.


O próximo desafio do time do Vale será no dia 21/11 contra a forte equipe do Patito.


Fotos do jogo: https://www.facebook.com/media/set/edit/a.4557044527701006


TV AKA SPORTS HD


#valemospeloquesomos




50 visualizações0 comentário
whatsapp-logo-icone.png